Clique e conheça o blog do autor

Clique e conheça o blog do autor
Clique e conheça o blog do autor

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Novo chefão da dramaturgia da Globo, Silvio de Abreu alfineta autores “inovadores”

Silvio de Abreu (Foto: Globo / Luciano Vicioni)
Silvio de Abreu (Foto: Globo / Luciano Vicioni)
Em entrevista há um mês – antes de ser nomeado como novo chefão da dramaturgia da Globo – Silvio de Abreu fez algumas declarações sobre as novelas atuais e alfinetou os autores que apostam em inovação demais.
Já atuante como membro do fórum de dramaturgia da Globo, agora Silvio se reporta diretamente a Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da Globo. É por ele que vão passar sinopses e projetos de novelas, bem como a decisão sobre quais faixas horárias vão ocupar.
Alfinetada aos “inovadores”
Além do Horizonte
Rodrigo Simas e Christiana Ubach em “Além do Horizonte”; trama inovadora amargou péssima audiência (Foto: Globo/Alex Carvalho)
Novo chefão da dramaturgia global, Abreu não cita diretamente, mas a menção a “novela parecida com seriado” parece obviamente dirigida a experiências recentes da teledramaturgia da Globo, como “Além do Horizonte” (2013), de Carlos Gregório e Marcos Bernstein, e “Geração Brasil” (2014), de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, ambas exibidas na faixa das 19h30 e, que registraram péssima audiência.
“Eu acho que novela tem que voltar a ser novela. Essa história de fazer novela para ficar parecida com seriado, não dá certo. Novela é uma história folhetinesca com romance, com comédia, com drama, que a pessoa fique motivada a assistir todo dia e que tenha um gancho a cada comercial, e um gancho forte no final do capítulo. O gênero é esse e é assim que tem que ser feito. Qualquer coisa que se fizer fora disso não dá certo. Então, se você não gosta de novela, vai fazer minissérie, seriado, vai fazer outra coisa, porque novela é assim.” declarou Silvio em entrevista à revista Caras no mês passado

FONTE: TV FOCO

Nenhum comentário:

Postar um comentário